10 dicas para um controle de estoque eficiente

20 de junho de 2024

O controle de estoque é uma das atividades mais desafiadoras e cruciais para a saúde de qualquer negócio que comercializa produtos físicos. 

Seja você dono de uma pequena loja, gerente de um grande armazém ou responsável pelo estoque de uma cadeia de lojas, a maneira como você gerencia seu inventário pode determinar o sucesso ou o fracasso do seu empreendimento. 

Um controle de estoque eficiente não só evita perdas financeiras, mas também garante a satisfação dos clientes, mantendo produtos disponíveis e reduzindo custos operacionais.

Neste artigo, vamos explorar algumas dicas práticas e eficazes para otimizar o controle de estoque, abordando desde a automatização de processos até a implementação de métodos como o FIFO e a classificação ABC. 

Nosso objetivo é fornecer orientações claras e acionáveis para ajudar você a aprimorar a gestão do seu estoque e, consequentemente, a performance do seu negócio.

O que é controle de estoque?

O controle de estoque é um processo fundamental para qualquer negócio que lida com a venda ou distribuição de produtos físicos. Trata-se de um conjunto de técnicas e práticas destinadas a monitorar e gerenciar a quantidade de produtos disponíveis, bem como a movimentação desses itens dentro do armazém ou ponto de venda

Esse controle visa garantir que a empresa tenha sempre a quantidade certa de produtos em estoque para atender à demanda dos clientes, evitando tanto a falta de produtos, que pode resultar em perda de vendas, quanto o excesso, que pode acarretar custos adicionais de armazenamento e risco de obsolescência. 

O controle de estoque envolve atividades como a contabilização das entradas e saídas de mercadorias, a realização de inventários periódicos para verificar a precisão dos registros, a aplicação de métodos de reposição e a utilização de sistemas automatizados para facilitar o acompanhamento e a gestão dos produtos. 

10 dicas para o controle de estoque do seu negócio

1. Automatize o processo de controle de estoque

Investir em um sistema de gestão de estoque automatizado pode transformar a eficiência do seu negócio. Softwares de ERP (Enterprise Resource Planning) ajudam a monitorar o estoque em tempo real, registrar entradas e saídas de produtos, e gerar relatórios detalhados. 

A automatização reduz erros humanos, facilita a tomada de decisões com base em dados precisos, e permite um acompanhamento mais eficaz do inventário.

2. Faça inventários regulares

Realizar inventários periódicos é essencial para garantir que os registros do sistema de gestão de estoque correspondam ao estoque físico

O inventário pode ser feito de forma completa, conferindo todos os itens de uma só vez, ou cíclica, conferindo uma parte do estoque a cada período. A frequência dos inventários deve ser ajustada de acordo com o volume e a rotatividade dos produtos, ajudando a identificar discrepâncias e evitar perdas.

3. Classifique seus produtos

A classificação dos produtos usando a metodologia ABC pode melhorar significativamente a gestão do estoque. Divida os produtos em três categorias:

  • A: Itens de alto valor e baixa quantidade.
  • B: Itens de valor e quantidade intermediária.
  • C: Itens de baixo valor e alta quantidade. Essa classificação permite que você foque nos produtos mais críticos, estabelecendo políticas de reposição específicas para cada categoria, e otimizando o uso dos recursos.

4. Estabeleça níveis mínimos e máximos de estoque

Definir quantidades mínimas e máximas para cada produto em estoque é crucial para evitar rupturas e excessos. O nível mínimo serve como um alerta para repor o item antes que ele acabe, enquanto o nível máximo ajuda a evitar o acúmulo excessivo de produtos, que pode levar a desperdícios e custos de armazenamento desnecessários.

5. Aplique o Método FIFO

O método FIFO (First In, First Out) garante que os produtos mais antigos sejam vendidos primeiro, reduzindo o risco de obsolescência e perda por vencimento. Este método é especialmente importante para produtos perecíveis, mas também beneficia itens não perecíveis ao garantir a rotatividade adequada do estoque.

6. Monitore indicadores de desempenho

Acompanhar indicadores chave de desempenho (KPIs) relacionados ao estoque, como giro de estoque, taxa de ruptura, e tempo de reposição, fornece insights valiosos sobre a eficiência do controle de estoque. 

Esses indicadores ajudam a identificar áreas que precisam de melhorias e a tomar decisões mais informadas para otimizar a gestão do inventário.

7. Treine a equipe

Uma equipe bem treinada é essencial para o sucesso do controle de estoque. Certifique-se de que todos os envolvidos no processo entendam a importância de seguir os procedimentos corretamente e saibam utilizar os sistemas de gestão de estoque

Ofereça treinamentos periódicos e atualizações para manter a eficiência operacional e reduzir erros.

8. Parcerias com fornecedores

Manter um bom relacionamento com seus fornecedores é fundamental para garantir a disponibilidade de produtos e negociar melhores condições de compra. Parcerias sólidas podem facilitar o processo de reposição e ajudar a manter os níveis de estoque adequados, evitando rupturas e garantindo a qualidade dos produtos.

9. Use a tecnologia a seu favor

Além dos sistemas de gestão de estoque, outras tecnologias podem ser utilizadas para melhorar o controle de estoque, como códigos de barras, RFID (identificação por radiofrequência) e aplicativos móveis. 

Essas tecnologias aumentam a precisão e a velocidade das operações de estoque, reduzindo o tempo gasto em tarefas manuais e minimizando erros.

10. Faça análises de demanda

Utilizar dados históricos de vendas e tendências de mercado para prever a demanda futura é uma prática essencial para um controle de estoque eficiente. Análises de demanda ajudam a planejar melhor as compras, evitando excessos ou faltas de estoque. 

Dessa forma, você garante que os produtos certos estejam disponíveis na quantidade adequada e no momento certo, otimizando o atendimento ao cliente e os recursos da empresa.

Conclusão

Um controle de estoque eficiente é vital para o sucesso de qualquer negócio. Seguindo essas dicas, você poderá melhorar a gestão do seu estoque, reduzir custos, aumentar a satisfação do cliente e, consequentemente, a lucratividade do seu negócio

Lembre-se de que o controle de estoque é um processo contínuo que requer monitoramento e ajustes constantes para se adaptar às mudanças do mercado e às necessidades do negócio.

Na Mundial Log, você encontra uma ampla variedade de paletes, racks e outros produtos logísticos com entrega imediata em São Paulo, Rio de Janeiro e Minas Gerais. Com frota própria e um estoque coberto de 2.500m², garantimos agilidade e eficiência na entrega dos seus pedidos.

Seja para compra ou locação, nossas soluções são ideais para otimizar sua operação, reduzir custos e atender suas demandas pontuais com qualidade e economia. Faça uma cotação e descubra como podemos potencializar sua logística!

Olá!

Gostaria de receber uma ligação?